Vitaminas não substituem alimentos e excessos também fazem mal

26-09-2016

Consumo de vitaminas só deve ser feito com indicação. Problemas vão desde diarreia até problemas renais e cerebrais graves.

Vamos abordar dois hábitos que estão na tendência. O primeiro: intolerância e também aversão em direção a alimentos, possui muita gente restringindo essa dieta sem fiscalização a confirmação e também sem récipe médica, todavia isso vai poder contornar um entrave, uma vez que explica essa dietista Myrian Najas.

Outra mania que virou manante nas redes sociais é o magnésio. Parece que tomar magnésio trata unha encravada, traz com retornamento marido iludido, uma maravilha a fim de que tudo e também a fim de que toda gente, porém não é muito deste modo.

A consultora do Bem Estar e pediatra Ana Escobar explica quando bebês e crianças precisam repor as vitaminas.

Vitaminas

As vitaminas e também sais minerais mais essenciais estão nas hortaliças, nos grãos, nos cereais, nas nozes, no leite e também nas carnes. Elas auxiliam todas e cada uma das funções do corpo. No Brasil, as deficiências mais essenciais na população, em por norma geral, são desde vitamina A, B1 e também ferro.

Essa vitamina A é possível que ser encontrada nos plantas amarelos, como jerimu e também cenoura, e também frutas amarelo-alaranjadas, como manga, pêssego e também mamão. Essa falta desse gênero de de vitamina vai poder encaminhar complicações com visão.

Essa vitamina B1 vai poder ser encontrada nos cereais integrais, como aveia, na carne de porco magra e também nos ovos. Essa carência desde vitamina B1 traz desvantagens cardiovasculares e também neurológicos.

O ferro é encontrado especialmente nas folhas verde escuras como agrião, couve, leguminosas e também nos feijões. Essa carência resultado no cansaço e também na dificuldade com raciocínio.